Resultados Concursos

Banner Face

Resultado Concurso Câmara de Carapicuíba-SP 2014

Chegou ao final a seleção pública da Câmara de Carapicuíba, que visava à seleção de 11 candidatos para o cargo de Consultor Legislativo, Contador, Controlador Interno, Técnico de Tecnologia da Informação, Comprador e Recepcionista.

Resumo do concurso

Abertura inscrições: 16/12/2013
Encerra inscrições: 28/02/2014
Data da prova: 30/03/2014
Gabaritos em: 01/04/2014
Total de vagas: 11
Salários: R$ 1.100,00
R$ 5.600,00

A Câmara de Carapicuíba, do estado de São Paulo acaba de finalizar o seu concurso público. O certame que foi organizado com o objetivo de selecionar candidatos de nível médio e superior para assumirem cargos de Consultor Legislativo, Contador, Controlador Interno, Técnico de Tecnologia da Informação, Comprador e Recepcionista dentro da instituição. O salário recebido pelos candidatos nomeados varia de R$ 1.100,00 a R$ 5.600,00.

As inscrições para o certame se iniciaram no dia 16 de dezembro de 2013 e se estenderam até o dia 28 de fevereiro, podendo ser efetuadas somente através da internet, e através do pagamento de taxas nos valores de R$ 39,00 para cargos de nível médio e de R$ 65,00 para nível superior. A carga horária dos novos servidores será de 40 horas semanais.

As provas objetivas que aconteceram no dia 30 de março tiveram caráter eliminatório e classificatório. Foram 40 questões de múltipla escolha, com 5 alternativas de resposta, sendo apenas uma delas a correta. Cada candidato teve 3 horas para executar a prova, que teve peso de 100 pontos máximos, sendo que cada questão valia 2,5 pontos. Para se considerar aprovado o candidato deveria atingir pelo menos 50 pontos na prova.

Os gabaritos das provas objetivas foram divulgados no dia seguinte à realização das mesmas. O concurso, para todos os efeitos, tem validade de dois anos contados a partir da data de sua homologação, podendo ser prorrogado por igual período. 

Acesse aqui o edital deste concurso.

Gostou das informações do site?
Acompanhe também nas redes sociais:

Não quero participar